1993 - Brasil - Araras azuis - Acervo de Selos

segunda-feira, 7 de março de 2022

1993 - Brasil - Araras azuis

Selo três araras azuis
O selo da série América 93 - Fauna em extinção apresenta três araras-azuis do gênero Anodorhynchus. O tema fauna em vias de extinção foi definido pela União Postal das Américas, Espanha e Portugal - UPAEP para o ano de 1993.
O desenho de Etienne Demonte com técnica do guache destaca a beleza das três espécies:
Arara-azul-grande (Anodorhynchus hyacinthinus), conhecida também como arara-azul. É considerada o maior representante da família em todo o mundo. Tem coloração inconfundível, principalmente azul intensa, com diferentes tonalidades.
Arara-azul-pequena (Anodorhynchus glaucus), também é conhecida como arara-azul-claro, arara-celeste, entre outros. Caracateriza-se pela plumagem de coloração azul pálida e esverdeada, a cabeça grande, de plumagem acinzentada, com um bico grande e uma cauda muito longa.
Arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari), conhecida também como arara e arara-azul-menor. É muito parecida com a arara-azul (Anodorhynchus hyacinthinus), mas é bem menor, a plumagem é menos brilhante e a mancha amarela junto ao bico é maior.

O declínio destas espécie de araras azuis ocorreu por causa de dois fatores principais: destruição em larga escala do seu hábitat e captura para comércio ilegal,ou seja, tráfico de animais.
O exemplar foi impresso em papel couché, gomado, com a fosforescência impressa nas margens.
Cr$ 22,00
Data: 13.10.1993
RHM: C-1865
Denteação: 11½ x 11
Tiragem: 1.000.200